segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Loja Social de Esposende comemorou 6.º aniversário com promessa de novas instalações

Como forma de assinalar o 6.º aniversário da Loja Social de Esposende, que se comemora hoje,11 de dezembro, o Município de Esposende convidou a comunidade a associar-se à comemoração e a conhecer este projeto, que é desenvolvido no âmbito da Rede Social de Esposende.
Organizou, desde modo, um Open Day Social, abrindo as portas da Loja Social e proporcionando a participação nas suas atividades. Foi, de resto, em clima festivo que se cantaram os parabéns à Loja Social, um momento que contou com a participação do Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, da Vereadora da Coesão Social, Alexandra Roeger, e restante executivo, entre várias outras presenças.
Em jeito de prenda, o Presidente Benjamim Pereira anunciou que a Loja Social terá novas instalações no próximo ano, dotando-a de melhores condições e possibilitando o desenvolvimento de novos projetos e diferentes dinâmicas. 
Assumindo a área social como primordial para o Município, Benjamim Pereira assinalou que esta continuará a merecer toda a atenção. Considerou que é “obrigação” da Autarquia atender às situações de carência e minimizar as assimetrias sociais e apontou a Loja Social como a materialização dessa aposta que vem sendo feita.
Benjamim Pereira destacou a abrangência deste projeto e aproveitou a oportunidade para agradecer a todos quantos têm colaborado com a Loja Social, garantindo a sua continuidade e possibilitando a sua evolução. Expressou palavras de agradecimento a todos e um reconhecimento especial a todos os voluntários que asseguram, de forma desinteressada, o funcionamento da Loja Social e deixou o repto a que mais voluntários se juntem a esta causa.
O Presidente da Câmara Municipal apontou a Loja Social como um projeto único e exemplar e deixou claro que este é um projeto “assente no rigor”, onde toda a ajuda é monitorizada.
Desde a sua abertura, no dia 11 de dezembro de 2011, e até ao terceiro trimestre deste ano, a Loja Social já registou 950.142 bens doados, 8.002 doações, 476.559 bens atribuídos, 7.922 trocas,17.008,5 horas de voluntariado e 398.515 quilos de reciclagem,  números que refletem a assinalável dinâmica deste projeto, que contabiliza já o apoio a 619 famílias e a 42 entidades, como consta da plataforma informática de suporte à sua gestão.
A sua intervenção tem sido distinguida, destacando-se, em 2014, o reconhecimento como Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social pelo MIES – Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social, passando a dispor de um reconhecimento nacional e internacional. Em 2015 é distinguida na categoria de inovação e sustentabilidade, na 4.ª edição do prémio cooperação e solidariedade António Sérgio. Trata-se do reconhecimento público do esforço e do trabalho desenvolvido como uma boa prática e com impacto significativo no território, na economia e na sociedade.
A sua intervenção tem-se operacionalizado segundo eixos estratégicos, consolidando o seu papel no seio da comunidade, nomeadamente através da rentabilização dos recursos disponíveis; promoção da melhoria das condições de vida dos cidadãos socialmente mais vulneráveis; reutilização e partilha de bens por toda a comunidade; qualificação da intervenção social e comunitária; valorização das Parcerias e do Voluntariado e fomento da responsabilidade cívica e comunitária.
Fonte:  Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Desporto Escolar distrital arranca com Prova de Orientação no Castro de S. Lourenço - 16 de dezembro

Cerca de 200 alunos, oriundos das escolas do Distrito de Braga, vão disputar no próximo sábado, dia 16 de dezembro, no Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, a prova de abertura do Desporto Escolar 2017/2018, na modalidade de Orientação.
Apesar de a competição ser dirigida à comunidade estudantil, é aberta a todos os interessados. A prova será constituída por três percursos, com níveis de dificuldade distintos, podendo ser disputada individualmente, em pares ou em grupo. As inscrições são efetuadas no local de realização da prova, a partir das 9h00, sendo que a competição decorrerá entre as 10h30 e as 12h30.
Trata-se de uma organização do Clube de Orientação da Escola Básica de Forjães, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Esposende, Federação Portuguesa de Orientação, Desporto Escolar de Braga e Associação Amigos da Montanha.
Atendendo à forte expressão da Orientação ao nível do Desporto Escolar, nomeadamente nas escolas básicas de Apúlia e de Forjães, o Município de Esposende tem vindo a apostar numa maior visibilidade desta modalidade, através da promoção de um quadro competitivo local, indo, assim, ao encontro das linhas definidas no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende (PEDDE). No âmbito desta estratégia, em 2018, terá lugar a segunda edição do Esposende City Race, no dia 11 de março.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Município de Esposende aprova Orçamento de 28 milhões de euros para 2018

“O melhor orçamento de sempre” é como o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, classifica o Orçamento do Município para 2018, aprovado, por maioria, com o voto contra do Vereador João Cepa - Juntos pela Nossa Terra. Os Documentos Previsionais – Orçamento, Grandes Opções do Plano e Mapa de Pessoal para o próximo ano serão submetidos à Assembleia Municipal, no dia 18 de dezembro.
Com uma dotação de aproximadamente 28 milhões de euros, o Orçamento traduz um aumento de 27% face ao do ano 2017 (22 milhões). Benjamim Pereira assinalou este facto, notando que o investimento não vai abrandar, não obstante a previsível quebra de receita do IMI no montante de 163 mil euros.
“Este orçamento reflete a continuidade do trabalho desenvolvido, mas assumindo novos compromissos, desde logo com o prolongamento das intenções manifestadas num passado recente, traduzidas, em larga medida, em obras que estão no terreno ou que estão prestes a iniciar”, refere, adiantando que “o Município avançará com a renovação do Plano de Investimento nas Freguesias”, sem perder de vista a estabilidade financeira que tem sido, e continuará a ser, a sua “imagem de marca”.
Em 2018, o apoio às famílias continuará a ser prioritário. Mantém-se, assim, o alívio da carga fiscal sobre os munícipes, com o IMI no valor mínimo legal (0,30%), a que se soma o IMI Familiar beneficiando os agregados familiares com filhos, para além de vários outros apoios, desde os transportes escolares, até Bolsas de Estudo no Ensino Superior.
Relativamente às empresas, numa lógica de incentivo à criação de emprego, continuarão a beneficiar da isenção do pagamento de publicidade, de taxas de esplanada, de taxas de ligação de água e de saneamento e de derrama.
Na área do desenvolvimento económico e investimento, o Município vai avançar com o Centro de Negócios e toda a oferta de serviços a ele associados, perspetivando a atração de novos investidores e novas empresas. Associado a este fator, refere Benjamim Pereira, “surge toda a qualificação e valorização do território, dotando-o ainda de melhores condições de atratividade, quer no âmbito do desenvolvimento turístico, quer através do investimento na formação integral dos seus habitantes, com particular ênfase na formação desportiva e cultural”, apontando, a título de exemplo, as obras inseridas no Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), nomeadamente a realização de projetos para submeter a candidaturas, como o Mercado e Arquivo Municipais, entre outros. De resto, em 2018, será uma realidade a construção do Intercetor Pluvial de Esposende, a Reabilitação da Escola Secundária Henrique Medina e a conclusão dos troços das Ecovias do Litoral e do Cávado.
O Município pretende, por outro lado, implementar uma nova política de gestão do património, mais dinâmica e adequada às necessidades, nomeadamente os processos de aquisição, alienação e permuta de imóveis, revela o Presidente Benjamim Pereira, adiantando que é também intenção da Câmara municipal dotar todo o concelho de rede de fibra ótica com o intuito de potenciar o desenvolvimento económico, atraindo e fixando empresas nas mais diversas áreas.
2018 será também o ano da materialização dos compromissos assumidos com as Instituições de Ensino Superior, nomeadamente o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e a Universidade do Minho (UM).
No que respeita a planeamento, o Município estará concentrado no acompanhamento dos processos de alteração/revisão do Plano de Ordenamento da Orla Costeira e do Plano de Ordenamento do Parque Natural Litoral Norte. É intenção ainda avançar com a revisão do Plano de Urbanização da Zona Industrial de Esposende (PUZIE), bem como dar início à elaboração de instrumentos de planeamento para as zonas onde se adivinhe maior pressão urbanística, tal como previsto no Plano Diretor Municipal (PDM).
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Município de Esposende mantém IMI na taxa mínima

O Município de Esposende vai manter, em 2018, no valor mínimo (0,30%) a taxa de IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis, cumprindo, pelo segundo ano consecutivo, a mais baixa taxa permitida no quadro legal em vigor. A medida foi aprovada, por unanimidade, em reunião do executivo, e será submetida à Assembleia Municipal, na sessão do próximo dia 18 de dezembro.
Os agregados familiares com filhos continuarão, também, a beneficiar de descontos no valor de 20, 40 e 70 euros, consoantes tenham um, dois e três ou mais filhos, respetivamente.
“Esposende continua, assim, a ser um Município amigo das famílias, praticando medidas que concorrem para o alívio fiscal dos agregados”, sublinha o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, notando que, “no anterior mandato, a Autarquia procedeu à redução gradual do IMI até fixar a taxa no valor mínimo legal, em 2017”.
Ciente do reflexo positivo desta medida na economia das famílias, Benjamim Pereira refere que as políticas do Município assentam na implementação de medidas orientadas para a fixação de população e para a promoção da melhoria da qualidade de vida.
“Resultado de uma gestão rigorosa e assertiva, a Câmara Municipal possui uma situação financeira saudável, que lhe confere condições para apostar tanto na captação de residentes como de empresas”, afirma, lembrando que, “em matéria de incentivos às empresas, Esposende está na linha da frente, oferecendo um alargado leque de condições vantajosas”.
No âmbito dos incentivos à reabilitação urbana, a Câmara Municipal vai continuar a manter isentos de IMI os prédios urbanos objeto de ações de reabilitação nos termos da respetiva estratégia de reabilitação do Município, por um período de cinco anos, a contar do ano, inclusive, da conclusão da mesma reabilitação, podendo ser renovada por um período adicional de cinco anos.
A Câmara Municipal decidiu, ainda, isentar do Imposto Municipal sobre Transações as aquisições de prédio urbano ou fração autónoma de prédio urbano destinado exclusivamente a habitação própria e permanente, na primeira transmissão onerosa do prédio reabilitado, quando localizado na “área de reabilitação urbana.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Barcelos entra no espírito de Natal

Música, milhares de luzes e símbolos natalícios animam ruas da cidade
O Natal já chegou a Barcelos! Milhares de luzes, música e enfeites com os símbolos natalícios enchem os espaços da cidade, mais embelezada ainda com as exposições de presépios elaborados por artesãos barcelenses, patentes na Torre Medieval, no Posto de Turismo e na Sala Gótica dos Paços do Concelho.
Pronta para mais uma grande animação, que se prolonga pelos primeiros dias de janeiro de 2018, a cidade vibra com o fervilhar de gente que faz as suas compras de Natal e que aproveita para conhecer o seu centro histórico e os seus monumentos, os símbolos da cidade e do concelho que, através do artesanato, fizeram de Barcelos Cidade Criativa da UNESCI.
Há animação e motivos de interesse para todas as idades.
Os mais novos podem contar com os já habituais comboios de Natal, os insufláveis e a Aldeia Natal, situada na Avenida da Liberdade e, também, com animação de rua, a cargo de A Capoeira - Companhia de Teatro de Barcelos – Pai Natal, duendes, palhaços, modelagem de balões e peças de teatro entre a Rua Direita, o Largo da Porta Nova e a Avenida da Liberdade.
Ainda para os mais novos, nos edifícios municipais, decorrerão várias atividades dedicadas à época festiva, nomeadamente exposições, peças de teatro, workshops infantis de modelagem de barro e concertos. Podem, ainda, divertir-se nas Férias de Natal promovidas pelo Município, que aliam atividades lúdicas e desportivas no Pavilhão Municipal, no Museu de Olaria, na Galeria Municipal de Arte, na Biblioteca Municipal e na Casa da Juventude.
Até 6 de janeiro, as ruas de Barcelos vão acolher vários presépios, enquanto o Museu de Olaria expõe “O Natal no Museu” com presépios em barro fosco e vidrado e também azulejos com pinturas alusivas ao Natal.
O Teatro Gil Vicente apresenta a peça “Auto de Natal”, no dia 15 de dezembro, interpretado pelo Instituto Autodidata de Estudos Superiores do Minho. No palco, estará também  o “Espírito de Natal”, no dia 17 de dezembro, de cariz solidário, a reverter a favor da AMAR 21 e tem um custo de 3€ (gratuito até aos 5 anos). Esta peça é protagonizada pelo TPCzinho, Secção Infantil e Juvenil do TPC e KYRIOS – Grupo de Jovens de Santiago de Carapeços.
A música marca também presença nesta grande animação, com o Concerto de Natal, pelo Coral Magistrói, de Carapeços, no dia 19, às 21h30, no Teatro Gil Vicente. Os The Classic atuam no Largo da Porta Nova, no dia 23, às 15h00.
Mas a festa continua na passagem de ano com o programa “Barcelos é Mágico”, uma festa com muita música e DJ´s, no Pavilhão Municipal.
No dia 14 de janeiro, no Pavilhão Municipal de Barcelos, realiza-se o Concerto de Reis, com entrada gratuita.

JONINHAS VILAR CAMPEÃO NACIONAL DE KARATE!

Organizado pela FNK-P (Federação Nacional de Karate-Portugal), decorreu no fim de semana de 09 e 10 de dezembro de 2017, no Pavilhão Municipal de Moreira da Maia, o  24º Campeonato Nacional 2017 de Cadetes, Júniores e Sub-21. O atleta da BAKE-Bushido Associação de Karate de Esposende (IOGKF-Portugal),  sagrou-se Campeão Nacional no escalão juniores  - 55 kg. Foram 20 pontos marcados e 1 sofrido!
Fonte: Gabriel Vilar:  BAKE bushidoakesposende.blogspot.com

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

A Delegação da Cruz Vermelha de Marinhas comemorou hoje o seu 27º Aniversário.

Minho Digital Nº 134

Na 1ª página, entre outros títulos, poderão ler a partir das 9 horas: 
1 –Novos entraves judiciais contra a Vianapolis pretender derrubar o ‘Prédio Coutinho’. Saiba quais!
2 – Escassez de água em três freguesias de Ponte da Barca. Reflexo da seca ou incompetência camuflada? Uma excelente reportagem da jornalista Vanessa Reitor.
3 – O nosso colega Armando Brito descobriu que andam a cortar árvores protegidas no Mezio e a Câmara Municipal de João Esteves assumiu o atentado ambiental.
4 – «Algo não está bem na democracia dos Arcos de Valdevez». A acusação é da oposição e ouviu-se na Assembleia Municipal.
5 – Os barquenses vão poder assistir e participar na venda pioneira de garagem com verdadeiras relíquias que não … automóveis!
6 – Pedro Santana Lopes andou por terras de Nóbrega onde foi recebido com a alegria e as vestes garridas de um rancho. O candidato à presidência do PSD não pareceu ficar indiferente à recepção do novo autarca Augusto Marinho e pelas estruturas locais.
7 – Em Paredes de Coura vamos ter uma ‘Escola do Rock’ e as inscrições já abriram. Na capital minhota dos Festivais, Vilar de Mouros vai perdendo, ano após ano, o protagonismo de outros tempos…
8 – O Politécnico de Viana venceu o Prémio de Voluntariado Universitário. Têm mesmo que ser bons!
9 – Leia em primeira mão e na íntegra a Mensagem ‘Natal de Gratidão’ que o Bispo D. Anacleto dirigiu aos diocesanos.
10 – O Historiador e Colunista do Minho Digital, Daniel Bastos, vai lançar o livro ‘Terras de Monte Longo’, uma edição trilingue em português, francês e inglês.
11 – Do mundo da emigração, surge-nos de Andorra a notícia do dinamismo da ‘Casa de Portugal’, agora com renovados corpos directivos.
12 – Iniciamos hoje uma nova secção dedicada à gastronomia: ‘A Nossa Sugestão’ pela olhar e paladar do catalão Eduardo Céspedes.
13 - No desporto temos …
- A Gerês  Extrema Marathon de Carlos Sá Events Nature juntou 1450 atletas de 12 nacionalidades. Um êxito que se repete todos os anos!
- A ADCJC conquistou cinco lugares nos pódios em remo em Vila de Conde. A consagração de muito treino do(a)s jovens atletas de Vila Nova de Cerveira.
- o DKC (Darque Kayak Clube) fez as contas e não tem dúvidas que este «foi o melhor ano desportivo» para si na canoagem.
14 - O Minho Digital criou um novo espaço ‘Empresas’ (www.minhodigital.com/empresas) para que os empresários da região tenham, gratuitamente e através de nós, mais visibilidade. Para registarmos a sua empresa, envie-nos um email para jornalminhodigital@gmail.com
15 - O Minho Digital inovou-se, também, com um espaço de Leilões. A partir de 5 € já pode licitar os primeiros cinco produtos. Licite ou envie os seus produtos para leiloar na próxima semana. Link: www.leilao.minhodigital.com   
Saiba estas e outras notícias do Alto Minho. Não paga nada. É só clicar a partir das 9,00 horas!         
www.minhodigital.com

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

CONCERTO ARTMUSIC ENSEMBLE - DIA 10 DEZEMBRO - IGREJA DE SERRELEIS

VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra) Abertura, dia 8 de dezembro Pavilhão de Feiras e Exposições – Ponte de Lima

O VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra), abre amanhã, 8 de dezembro no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima, em Ponte de Lima.
Considerada como uma das iguarias mais apreciadas e procuradas da gastronomia limiana, o Município de Ponte de Lima organiza mais uma edição do certame dedicado ao bacalhau, por forma e dinamizar e impulsionar um dos elementos chave da cozinha tradicional da região. Seja na forma de petisco ou numa elaborada refeição, o bacalhau é rei e senhor nas mesas de todos os limianos.
Presença obrigatória nas famosas tasquinhas d’outrora da feira quinzenal é ainda hoje um dos produtos mais procurados e mais comercializados da ‘Feira de Ponte’, por todos aqueles que a ela se dirigem para feirar.
Chegada a época natalícia, o VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra), ganha maior destaque pela elevada procura por parte do público e, como consequência, pela cada vez maior oferta por parte dos comerciantes. Quem visitar o festival pode ainda encontrar mel, sidra, licores, chocolates, bolos e outras especialidades tipicamente limianas e que bem representam a riqueza da gastronomia da região.
O VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra) dá as boas vindas a dezembro e antecipa o Natal, com muita animação e sabor desde showcookings, provas de degustação, música popular e fados de Coimbra. Destaque para a apresentação, na sexta-feira, dia 08, da peça de artesanato “Vaquinha Minhota” e do lançamento do conto infantil “Rosália, a Princesa do Lima”, da autoria da artesã limiana, Nélia Saraiva. No dia 09, sábado, destaque para a primeira edição do ‘Concurso do Bolo Rei de Ponte de Lima’ e para o desfile “Há Moda em Ponte de Lima”, pela Associação Empresarial de Ponte de Lima. No dia 10, domingo e último dia do festival, o destaque vai para as provas de degustação, nomeadamente de Sidra, produto em franco crescimento em Ponte de Lima.
O Festival do Bacalhau e Doçaria (Mel e Sidra) realiza-se de 08 a 10 de dezembro, no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima, em Ponte de Lima, e é um evento a não perder, destinado a toda a família.

A 7ª edição do Festival do Bacalhau abre ao público esta sexta-feira, às 15 horas, antecedendo a inauguração oficial, agendada para as 18 horas.

INFORMAÇÃO Alerta de chuva forte e persistente

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para os próximos dias o agravamento das condições meteorológicas, salientando-se:
- Chuva forte e persistente nas regiões do Norte e do Centro no Domingo, 10 de Dezembro, e Segunda-feira, 11 de Dezembro;
- Chuva forte alargada todo o território do Continente a partir madrugada de Segunda-feira,11 de Dezembro, até ao final da manhã desse dia;
- Vento forte de sudoeste, a partir da tarde de domingo e durante segunda-feira, com rajadas até 90 km/h, na generalidade do Norte e Centro, e muito forte, com rajadas até 110 km/h, nas terras altas do Norte e do Centro, rodando gradualmente de quadrante para noroeste e diminuindo de intensidade;
Tendo em conta este cenário, a Protecção Civil Municipal recomenda à população que tome as necessárias medidas de prevenção e adeque os seus comportamentos, nomeadamente:
- Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e remoção de inertes e outros objetos suscetíveis de serem arrastados ou que possam criar obstáculos ao livre escoamento das águas;
- Adoptar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a acumulação de neve e a formação de lençóis de água nas vias;
- Evitar atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos escondidos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
- Garantir a adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
- Ter especial cuidado na circulação e permanência junto a áreas arborizadas, mantendo-se atentos à possibilidade de queda de ramos e árvores em virtude de vento forte;
- Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

Concerto BENJAMIN CLEMENTINE - 26 março - Centro Cultural de Viana do Castelo | 22h00

Informamos que os bilhetes para o concerto do BENJAMIN CLEMENTINE, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, dia 26 de março, serão colocados à venda, amanhã, dia 8 de dezembro.
LOCAIS DE VENDA:
Teatro Municipal Sá de Miranda:
Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.
Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00.    
Feriados,  Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.
INFORMAÇÃO IMPORTANTE:
Horário especial de bilheteira - 8 a 10 de dezembro
dia 8 de dezembro: das 19h30 às 22h00
dia 9 de dezembro: 14h00 – 16h30 e 19h30 – 22h00
dia 10 de dezembro: 9H00 – 11h30
NÃO SE ACEITAM RESERVAS (telefone/email). Quem pretender deverá fazê-lo, diretamente, na TICKETLINE.
www.ticketline.sapo.pt - Fnac - Ag. Viagens Abreu – Worten – A.B.E.P – Casino Lisboa – C.C. Dolce Vita – C.C. Mundicenter – El Corte Inglês e  SuperCor – Galeria   Comercial Campo Pequeno – MMM Ticket – Uticketline – CCB – Time Out Mercado da Ribeira – Shopping Cidade do Porto – Forum Aveiro – Ask Me Lisboa e INFORMAÇÃO/ RESERVAS: ligue 1820 (24 horas)
Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 18h00 e as 22h00, se a lotação não estiver  esgotada.   
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos
CUSTO DO BILHETE: 20€ plateia em pé| bancada

Cidade Europeia do Desporto será legado para o futuro dos Bracarenses

Cerimónia de entrega da distinção decorreu em Bruxelas.
Foi com enorme orgulho, satisfação e sentido de responsabilidade que o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, recebeu oficialmente a distinção de Cidade Europeia do Desporto, título que Braga ostentará em 2018. A distinção foi entregue pelo presidente da ACES Europe, Gian Lupattelli, numa cerimónia que decorreu esta Quarta-feira, 6 de Dezembro, no Parlamento Europeu, em Bruxelas.
Em termos desportivos, Braga viverá um ano intenso repleto de eventos das mais variadas modalidades e, segundo Ricardo Rio, o grande objectivo é que esta distinção tenha continuidade no futuro.
“Queremos que a Cidade Europeia do Desporto seja um legado para o futuro dos Bracarenses e um estímulo à prática desportiva para a generalidade da população. Todas as actividades programadas têm o intuito de alargar o Desporto a todos os cidadãos e fazer face a desafios prementes da sociedade actual como são os casos da obesidade infantil ou do sedentarismo dos jovens”, referiu o Autarca, adiantando que o Município “alocou uma verba própria de cerca de um milhão de euros para sustentar as muitas iniciativas que vamos desenvolver ao longo do próximo ano”.
Como explicou o Ricardo Rio, são inúmeras as modalidades representadas numa agenda repleta, que arranca já em Janeiro com a ‘final four’ da Taça da Liga de futebol, um dos pontos fortes da programação. “Trata-se de uma competição que tem uma grande projecção mediática que vai atrair a Braga as melhores equipas nacionais. Além da prova, serão desenvolvidas várias iniciativas na Cidade longo de toda a semana e esperamos que seja um momento de grande exaltação do Desporto”.
Com esta distinção, Braga foi reconhecida como exemplo Europeu na promoção do Desporto. O desenvolvimento de programas municipais de incentivo à prática desportiva junto de toda a população, bem como os seus benefícios ao nível da promoção da saúde, integração e educação, foram alguns dos aspectos que contribuíram para que a candidatura Bracarense fosse vencedora durante o processo de selecção.
Sameiro Araújo, vereadora do Desporto da Camara Municipal de Braga, também marcou presença nesta cerimónia e manifestou o desejo que este título tenha repercussões no quotidiano dos Bracarenses ao longo dos tempos.
“Após 2018 queremos que tudo seja diferente e que haja um aumento da população Bracarense a praticar Desporto. Este título é mais um estímulo para que o Município continue a sua aposta na melhoria das condições para a prática desportiva quer de atletas de alta competição, quer da população em geral”, referiu Sameiro Araújo.
Segundo a Vereadora são muitas as iniciativas programadas para desenvolver em 2018. Desde um campeonato nacional de remo indoor, três competições internacionais de ginástica nas modalidades de trampolim, ginástica desportiva e ginástica aeróbica, uma taça da Europa de karaté, ou finais de taças e supertaças das mais diversas modalidades colectivas e individuais, entre outras, fazem parte de um vasto programa que não comtempla apenas a vertente desportiva. “Queremos criar uma grande dinâmica entre o desporto escolar e o desporto informal, envolvendo toda a população”, concluiu Sameiro Araújo.

A Vila de Prado recebe o novo ano com um Mergulho no Cávado!

Ao primeiro domingo de cada ano, algumas dezenas de bravos juntam-se na praia fluvial do Faial, na Vila de Prado, para receber o novo ano com um Mergulho no Cávado. Uma tradição recente, que vem ganhando raízes e parece estar para ficar. O primeiro domingo de 2018 calha a 07 de janeiro e é precisamente nesse dia, pelas 11h15, que pradenses e visitantes vão receber o novo ano com uma onda de frescura.
O Mergulho no Cávado – 1º Domingo do Ano é uma atividade aberta a toda a população e que cumpre um duplo propósito. Além de procurar estimular o convívio e a confraternização entre os participantes, a iniciativa visa também refrescar e alertar consciências para a imensa riqueza de um dos símbolos maiores do património natural da Vila de Prado, o rio, que deverá continuar a ser cuidado e preservado para bem das gerações presentes e vindouras.
A iniciativa nasceu há quatro anos da vontade de um grupo de pradenses, encabeçado por António Silva (mais conhecido por Mousinho), que abandonaram a velha máxima de entrar no novo ano com o pé direito e decidiram atirar-se de cabeça, com um refrescante mergulho na Praia Fluvial do Faial.

Braga - Concurso Municipal de Fotografia com inscrições abertas até 15 de Dezembro

Prémios aos vencedores no valor de 1.000 euros.
‘O Bonito e o Feio’ no Centro Histórico é o tema do XIII Concurso Municipal de Fotografia, uma iniciativa organizada pelo Município de Braga que visa aproximar os Bracarenses do património da Cidade.
As inscrições terminam já no próximo dia 15 de Dezembro, sendo que os participantes habilitam-se a ganhar prémios no valor de 500 euros (1.º prémio) e de 250 euros (para as duas menções honrosas). As fotografias premiadas integrarão uma exposição pública a inaugurar em Fevereiro de 2018. Os interessados em participar devem fazer a sua inscrição no Museu da Imagem, todos os dias das 14h30 às 18h30.
Este concurso tem por base a utilização de máquinas descartáveis com flash, uma por concorrente, a disponibilizar de forma gratuita a um número máximo de 50 concorrentes. A participação implica a formalização da inscrição e o pagamento de uma caução de 10€, que será devolvida, uma vez recebida a máquina de acordo com o regulamento do concurso.
As máquinas poderão ser levantadas no Museu de Imagem nos dias 16 e 17 de Dezembro entre as 14hh30 e as 18hh30. O período para captação de imagens, inicia-se no dia 16 de Dezembro, devendo os concorrentes entregar as respectivas máquinas, no Museu da Imagem, até às 18h30 horas do dia 17 de Dezembro.
O tema escolhido para a presente edição visa despertar o interesse e a sensibilidade dos concorrentes em particular e dos munícipes e cidadãos em geral, para simultaneamente identificarem, aquilo que de mais belo, equilibrado, apelativo e interessante existe no Centro Histórico, perspectivado em contraste com aspectos e vistas, feias, desequilibradas, inestéticas, e desinteressantes que também coexistem e que perturbam o carácter ambiental, patrimonial, estético e paisagístico do “muito nosso” casco antigo.

NÃO SEI SER DE OUTRA MANEIRA" DANIEL PINTO COELHO APRESENTA ESPETÁCULO ‘PALAVRAS, FADO E CANÇÕES’ - Sala das Artes do C.C.C. Vallis Longus - Valongo - 15 DEZEMBRO | 21H30

Um espetáculo intimista, de partilha e sentimento, onde o artista se entrega de alma à interpretação musical, mostrando a forma de sentir a música em cada palavra que canta. Assim será o primeiro espetáculo do jovem intérprete e cancioneiro portuense, Daniel Pinto Coelho, intitulado ‘Não sei Ser de outra maneira – Palavas, Fado e Canções’. O evento acontece no dia 15 de Dezembro, pelas 21h30, no C.C.C. Vallis Longus, em Valongo, cidade natal do artista.
Em ‘Não sei Ser de outra maneira’, Daniel Pinto Coelho propõe-se a fazer a ponte entre a tradição e a modernidade, sem nunca perder as raízes originais do fado que o inspiram. A pautar o repertório predominará, assim, um registo tradicional – onde homenageia poetas e fados consagrados – no qual vai mesclando novas criações, letras de sua autoria e novas abordagens musicais às mais belas canções deste estilo musical elevado à categoria de Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO.
Segundo revelou Daniel Pinto Coelho, o primeiro espetáculo ‘Não sei Ser de outra maneira – Palavas, Fado e Canções’ terá a particularidade de ser filmado “com o propósito de utilizar os vídeos e gravações áudio para fins promocionais do mesmo espetáculo noutras salas do País”.
O jovem fadista portuense está, atualmente, na fase final da gravação do seu primeiro disco de Fado, onde conta com a participação especial de Maria da Nazaré, António Pinto Basto e Hélder Moutinho.  O lançamento deste trabalho discográfico está programado para o início de 2018.
Sobre Daniel Pinto Coelho:
Daniel Pinto Coelho é natural de Valongo, distrito do Porto. Desde muito cedo a música e o espetáculo fazem parte da sua vida. Principiou a sua formação musical com apenas três anos, com piano, onde começou a gerar a sua conexão com a música. Ao longo da infância e juventude teve formação em canto e guitarra clássica. Em 2010, concluiu o curso de voz e performance na prestigiada London Music School. Movido, sempre, pela paixão pela música, entregou-se a diversos estilos musicais, tendo integrado vários projetos ligados ao Blues, Soul, Jazz, Pop e Música Tradicional Portuguesa. O Fado foi estando sempre presente na sua vida, mas foi apenas, em 2015, que despertou para a sua essência de fadista, dedicando-se de alma e coração a este estilo musical. Desde então, Daniel Pinto Coelho tem obtido grande notoriedade no meio Fadista, protagonizando espetáculos e atuado em prestigiadas casas de Fado pelo país: ‘Restaurante típico - O Fado’ e ‘Casa da Mariquinhas’ (Porto), e ‘Maria da Mouraria’, ‘Boteco da Fá’ e ‘Casa da Mariquinhas’ (Lisboa), fazendo elenco com grandes nomes da nossa praça, nomeadamente, António Pinto Basto, Rita Ribeiro, Maria da Nazaré, entre outros.
Para informações adicionais consultar
https://www.facebook.com/danielpintocoelhofado/

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Loja Social de Esposende assinalou Dia Internacional do Voluntariado

Como forma de assinalar o Dia Internacional do Voluntariado, que se comemora hoje, 5 de dezembro, a Loja Social de Esposende realizou um workshop intitulado “Porque fazemos voluntariado”, que decorreu esta tarde nas suas instalações.
Esta ação pretendeu homenagear e agradecer aos voluntários da Loja Social que, ao longo de todo o ano, garantem a colaboração e o apoio necessários às atividades e projetos da Loja, conforme assinalou a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Esposende e Vereadora da Coesão Social.
Alexandra Roeger saudou o excelente trabalho que os voluntários têm vindo a desenvolver no seio deste projeto da Rede Social concelhia e considerou que o sucesso da Loja também se deve à sua entrega e colaboração. Agradeceu, assim, o empenho de todos, manifestando a expetativa de que possam dar continuidade ao trabalho de voluntariado.
A Vereadora da Coesão Social revelou que é intenção do Município dar ainda maior expressão ao voluntariado no concelho, imprimindo-lhe uma maior dinâmica, não apenas a nível social como também ambiental, entre outras vertentes. Neste sentido, perspetivam-se novas parcerias, nomeadamente com o banco nacional de voluntariado.
Agradeceu a colaboração da Associação Sopro - Solidariedade e Promoção, de Barcelos, na realização do workshop. Fundada em 1996 por um grupo de jovens alunos voluntários do Colégio La Salle, a Sopro é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) com o Estatuto de Entidade de Utilidade Pública, Sem Fins Lucrativos.
Instituído pela Assembleia Geral das Nações Unidas o Dia Internacional do Voluntariado visa incentivar e valorizar o serviço voluntário em todo mundo, homenageando quem dá do seu tempo para ajudar. A efeméride reveste-se de um significado muito especial, na medida em que reconhece a importância do voluntariado como forma efetiva de praticar uma autêntica cidadania, contribuindo para um mundo mais justo e mais solidário.
Em atividade desde 20 de abril de 2009, o Banco Local de Voluntariado de Esposende conta atualmente com uma bolsa de 218 voluntários, que disponibilizam parte do seu tempo em prol desta causa, nomeadamente em projetos de natureza social e comunitária, como são as Campanhas de Recolha de Bens Alimentares desenvolvidas pela Rede Social de Esposende, atividades de apoio à Loja Social, assim como o trabalho desenvolvido nas instituições concelhias, entre outras. A Loja Social conta atualmente com 35 voluntários, sendo que, o ano passado, se verificaram 363 participações de voluntários (um aumento de 33% comparativamente com 2015), correspondentes a 4 655 horas de trabalho voluntário.
O Banco Local de Voluntariado faz a ponte entre os voluntários e as entidades que disponibilizam oportunidades de enquadramento a práticas de solidariedade social. Assim, as pessoas e entidades interessadas deverão contactar o BVL através do e-mail voluntariado@cm-esposende.pt, do telefone 253 960 100 ou diretamente nas suas instalações, na rua dos Bombeiros, n.º 51, em Esposende.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Barcelos expõe mais de duzentos presépios.

Criatividade dos artesãos em evidência na Torre Medieval, Posto de Turismo e Sala Gótica.
São de barro e de ferro, são também bordados e de pinhas, e até de espinhas de bacalhau os mais de duzentos presépios expostos na Torre Medieval, no Posto de Turismo e na Sala Gótica dos Paços do Concelho, na maior exposição coletiva do ano “Presépio - Uma Tradição, Várias Interpretações”.
Esta exposição contém trabalhos de mais de 50 artesãos do concelho e mostra bem a riqueza do artesanato local e a criatividade dos artistas no contexto da arte popular, abrindo novos caminhos para uma perceção mais alargada do figurado barcelense, que é um dos poucos produtos artesanais certificados em Portugal.
Depois da distinção de Cidade Criativa da UNESCO, esta exposição espelha o manancial cultural e criativo dos artesãos barcelenses, numa temática religiosa. “Presépio - Uma Tradição, Várias Interpretações” abrange todas as artes e ofícios do concelho de Barcelos, sendo os presépios as peças mais procuradas pelos turistas e colecionadores, não só pela variedade e tipologia das representações, mas também pelo valor simbólico que têm para as comunidades locais, onde o Natal continua a ser uma das celebrações mais importantes do calendário religioso e cultural anual.
Artesãos como Rosa Ramalho, Rosa Cota, Mistério, Ana Baraça, Maria Sineta, e tantos outros, notabilizaram esta produção no contexto da arte popular, abrindo novos caminhos para uma perceção mais alargada do figurado barcelense.
Hoje expõem alguns dos nomes mais conhecidos do artesanato como Júlia Côta, Júlia Ramalho, Irmãos Baraça, Mistério, Conceição Sapateiro e Manuel Macedo, mas também a nova vaga de artesãos como Nelson Oliveira, Telmo Macedo, Luísa Pereira, João Rego, Glória Araújo, Carlos Ermida, e tantos outros que deixam a sua marca nesta exposição que pode visitar até 6 de janeiro.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Concerto 10 Junho Coro Sénior Praça do Municipio

Braga é palco do melhor Natal de Portugal

Evento decorre de 9 a 31 de Dezembro.
De 9 a 31 de Dezembro, a magia e o espírito de Natal vão invadir as ruas da Cidade, proporcionando aos Bracarenses e visitantes o melhor das tradições natalícias.
A Cidade fica de “porta aberta” a dezenas de concertos e espectáculos de rua, concursos e exposições, cinema, oficinas criativas, fogueira de Natal, um Bolo-rei Gigante e uma Tenda de Natal e onde decorrerão inúmeros espectáculos de dança, música e teatro.
Além da Parada de Natal, que este ano acontece no dia 10 de Dezembro, com mais de 600 personagens do imaginário infantil, destaca-se no dia 16 o evento ‘Natal na Rua’ com 15 horas de programação cultural que terminam num grande encontro à volta da tradicional Fogueira de Natal e do Bolo-Rei Gigante, no Largo do Pópulo.
Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, durante todo o mês de Dezembro “Braga é palco do melhor Natal de Portugal, com uma programação muito ambiciosa e diversificada que vai ao encontro de todos os públicos”.
“Quem se deslocar a Braga neste período vai certamente viver uma experiência única, divertir-se com a família ou amigos e usufruir de múltiplas actividades, ao mesmo tempo que aqui realizam as suas compras, contribuindo para a dinamização do comércio tradicional”, afirmou o Autarca Bracarense.
Por seu turno, Lídia Dias, vereadora da Cultura, salientou que o Natal é ´um dos momentos mais ricos e importantes´ que Braga tem ao longo do ano. “Serão dias mágicos em que transformamos Braga em cidade de Natal, com um ambiente festivo e espirito de comunidade trabalhado ao mais ínfimo pormenor por todos os que se associam a este grande evento”, referiu a vereadora, destacando a colaboração de dezenas de entidades e associações do Concelho.
Já Rui Marques, director-geral da Associação Comercial de Braga, congratulou-se com a aposta do Município em celebrar o Natal nas ruas do Centro Histórico, fazendo de Braga o “principal destino de compras nesta época festiva”. Segundo aquele responsável, as estimativas apontam para a presença de cerca de dois milhões de consumidores e para um volume de negócio de mais de 150 milhões euros durante este mês festivo.
Evento com propostas para todos os públicos
As propostas para estes dias são diversificadas e orientadas para diferentes públicos. Personagens do imaginário natalício vão percorrer as ruas do Centro Histórico e interagir com miúdos e graúdos em ambiente de grande diversão. Um dos principais atractivos para as crianças é a Tenda de Natal, situada na Avenida Central e onde decorrerão espectáculos de dança e teatro.
Da programação destaca-se a Parada de Natal, no dia 10 de Dezembro, às 15h00, com início na Avenida Central. Este desfile de criatividade e magia conta com centenas de participantes, animadores e grupos de dança que encarnam personagens do imaginário natalício e percorrem o centro histórico.
No dia 16 de Dezembro (Sábado) assinala-se o ´Natal na Rua´, com um vasto conjunto de actividades marcadas durante todo o dia, esperando-se grande afluência de pessoas nas ruas. Para a noite de 22 de Dezembro, na Sé Catedral, está reservado um excepcional Concerto de Natal, com a Orquestra Barroca e Cora da Casa da Música, que será ser oferecido a todos os Bracarenses.
Do programa também faz parte a Corrida de S. Silvestre, que terá lugar no dia 17 de Dezembro, pelas 19h00, e que compreende um percurso de 10km que atravessa as principais artérias do Centro de Braga.
A este programa junta-se o maior Presépio Vivo da Europa, que se realiza na freguesia de Priscos entre os dias 16 de Dezembro e 21 de Janeiro.
Braga volta também a fazer a Passagem de Ano nas ruas, numa festa intensa onde não vai faltar a música e o fogo-de-artifício. A partir das 21h30, no palco instalado na Avenida Central haverá um grande concerto de Miguel Gameiro e animação até às 02h30 com o DJ Wilson Honrado (Comercial) e os ‘Meninos do Rio’. A festa continua a 1 de Janeiro, a partir das 15h00, com animação musical a cargo de Bruno Almeida, Patrícia Palhares, Chico Malheiro e Amigos.
O programa completo do Braga Natal pode ser consultado em https://goo.gl/jpuxrg 

Abertura: Exposição PRESÉPIOS PREMIADOS NA COLEÇÃO DOS MUSEUS DE VIANA - Museu do Traje - 06 dezembro

GALA LÍRICA - 20 dezembro - Centro Cultural de Viana do Castelo - 22h00

Informamos que os bilhetes para a GALA LÍRICA, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, dia 20 de dezembro, já se encontram à venda.
LOCAIS DE VENDA:
Teatro Municipal Sá de Miranda:
Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.
Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00.   
Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.
Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 18h00 e as 22h00, se a lotação não estiver  esgotada. 
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/6 anos
BILHETE: 10€ plateia | bancada   
8€ plateia | bancada (até aos 18 anos)
NOTAS IMPORTANTES | reservas por e-mail:
Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, para o  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt, (indicando Nome, NIF e lugar pretendido - plateia ou  bancada);
As reservas serão consideradas por ordem da hora de chegada.
O levantamento dos bilhetes deverá ser efetuado, até 24h00, após confirmação da disponibilidade, caso contrário a reserva ficará sem efeito.

Sete Prazeres da Gastronomia encerram em grande com doçaria tradicional de Natal

Iniciativa da Câmara Municipal evidenciou riqueza da gastronomia local
Terminou em grande o programa gastronómico 7 Prazeres da Gastronomia, que decorreu durante o ano de 2017 por iniciativa do Município de Barcelos. A última ação do programa, o Concurso Barcelos Doce, realizou nos dias 2 e 3 de dezembro, no Posto de Turismo e em dez pastelarias aderentes.
Este concurso, cuja realização é já habitual nesta época do ano, tem como objetivo principal a criação de um conceito de excelência na área da doçaria, potenciando as vendas e a promoção de compras no concelho. Na época natalícia, são reis da doçaria tradicional o Bolo-Rei, o Pão de Ló e o Tronco de Natal, mas de muitos outros doces viveu também o concurso, que primou pela inovação e pela criatividade.
O júri, constituído pelos chefes José Vinagre, Chefe Alexandre Costa e pela formadora em pastelaria, Helena Dias, procurou, nas receitas, os fatores de identidade e de tradição que distinguem estes produtos no contexto gastronómico e doceiro da região.
Os premiados do Concurso Barcelos Doce 2017 foram os seguintes:
Categoria Bolo-Rei:
1º Lugar – Mercado do Pão
2º Lugar – Doce Consolação
3º Lugar – Pacheco
Categoria Pão de Ló:
1º Lugar – Doce Consolação
2º Lugar – Pastelaria Minelli
3º Lugar – Pastelaria S. Bento
Categoria Tronco de Natal:
1º Lugar – Doce da Bá
2º Lugar – Rosa Cintilante
3º Lugar – Doce Consolação
Prémio Melhor Doce Tradicional:
Pão de Ló – Doce Consolação
Prémio Doce Inovador:
Tronco de Natal – Rosa Cintilante
Programa gastronómico com grande adesão ao longo de todo o ano
O programa 7 Prazeres da Gastronomia, que termina agora com o Concurso Barcelos Doce, contribuiu para a promoção e divulgação do melhor da gastronomia local e mobilizou os agentes gastronómicos do concelho.
Foram cerca de duas mil pessoas que passaram pelos restaurantes aderentes, em cada um dos fins de semana temáticos. Só no Fim de Semana do Galo Assado, em outubro, foram servidos mais de 400 galos nas mesas dos restaurantes barcelenses, o que torna esta iguaria num sucesso na gastronomia local.
O programa gastronómico engloba, ainda, o Fim de Semana da Lampreia, a Semana Gastronómica do Galo, o Fim de Semana do Bacalhau, o Fim de Semana dos Petiscos Tradicionais, o Concurso Galo Assado e o Fim de Semana do Pica no Chão.

UNIVERSIDADE SÉNIOR ABRE EM ESPOSENDE

A Universidade Sénior de Esposende será uma realidade a partir de Janeiro de 2018, o projeto surge em mais uma iniciativa da Associação de Cidadãos de Esposende.
Em Janeiro, Esposende terá a tão ansiada Universidade Sénior, os primeiros cursos a arrancar serão de INFORMÁTICA, INGLÊS, COZINHA e ARRANJOS FLORAIS quatro módulos onde a população demonstrou maior interesse num estudo realizado um pouco por todo o Concelho.
Foram vários meses de pedidos, licenças e registos até chegar ao objetivo final, poder abrir no Concelho de Esposende um local onde a formação não tem limite de idade, onde todos podem aprender independente da sua escolaridade ou idade, onde se pode fazer crescer a estimulação intelectual, experiências culturais e prazeres pessoais, promover a continuação de uma vida ativa socialmente útil.
A Universidade Sénior de Esposende pretende encorajar a aprendizagem ao longo da vida e funcionará inserida na Associação de Cidadãos de Esposende.
Este novo projeto surge depois de dois estudos realizados por parte da Associação. Numa primeira fase foi com o arranque do “Esposende Click” uma formação que percorreu várias freguesias do Concelho de Esposende e destinada aos +55 anos, que se revelou um enorme sucesso com dezenas de seniores a frequentar a formação. Numa segunda, fase foram os inquéritos de satisfação à população, onde um número maioritário “pedia” uma universidade sénior, um local onde fosse possível seguir a formação.
A Associação fase aos pedidos e estudos realizados decidiu em reunião de direção arrancar o que será o seu maior projeto, e que representa também o seu maior desafio.
Os alunos da Universidade Sénior de Esposende vão ter acesso a outras modalidades como ginástica de manutenção e nutricionismo para complementar a formação em sala.
Os pedidos de Informação e pré inscrições já podem ser efetuados através do Email UNIVERSIDADE@CidadaosdeEsposende.com, pelo contacto da 939 106 737 ou entrando na página www.CidadaosdeEsposende.com. As candidaturas para Formadores podem ser realizadas nos mesmos moldes.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Fevereiro. Mês do Romance: Inscrições abertas para o XV Concurso Internacional de Criadores de Moda

Começou a contagem decrescente para a edição de 2018 de ‘Fevereiro – Mês do Romance’
Vila Verde: Inscrições abertas para o XV Concurso Internacional de Criadores de Moda
Estão abertas as inscrições para o XIII Concurso Internacional de Criadores de Moda e estendem-se até ao dia 05 de janeiro de 2018. O Município de Vila Verde e a Cooperativa Aliança Artesanal voltam a desafiar designers e estilistas a conceberem peças contemporâneas de moda, subordinadas ao tema “Lenços Namorar Portugal: escritas de amor”, inspiradas nesta tradição genuína, que remonta ao séc. XVIII. Os interessados em participar podem encontrar o regulamento e as fichas de inscrição endereço eletrónico www.namorarportugal.pt, no separador ‘Concursos’, onde deverão também ser submetidas as fichas de inscrição devidamente preenchidas e os projetos a concurso.
Os sentimentos e afetos da tradição minhota servem de inspiração para a criação de propostas modernas e arrojadas, numa aliança harmoniosa entre tradição e vanguarda, que culmina com uma noite mágica e inesquecível. A 14 de fevereiro, Dia dos Namorados, todos os caminhos vão dar a Vila Verde. Estrelas do panorama nacional e internacional da moda, da televisão e da música chegam ao coração do Minho para se juntarem a centenas de casais enamorados para uma noite de elegância e sofisticação.
Ao prestígio de verem os seus coordenados como estrelas maiores de uma iniciativa de renome no panorama nacional, acrescentam-se seis prémios bastante atrativos (1º, 2º, 3º Lugares, Jovem Revelação, Público, Impacto Visual e Best Fit), que perfazem um total de 2.750 euros para os vencedores. O XV Concurso Internacional de Criadores de Moda integra uma vasta e diversificada programação turístico-cultural, ‘Fevereiro – Mês do Romance’. Do final de janeiro ao início de março, sucedem-se iniciativas um pouco por todo o país, com maior incidência no concelho de Vila Verde, que pretendem afirmar de forma cada vez mais perentória o lema ‘Vila Verde, onde o Amor acontece!’.
Para mais informações:

Transportes Urbanos de Braga mantêm tarifários em 2018

Medida em contraciclo com realidade nacional.
Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) vão manter os tarifários em 2018. A medida, aprovada na reunião do Executivo Municipal realizada esta Segunda-feira, dia 4 de Dezembro, não segue o aumento de 1,5 por cento já anunciado pelo Governo para o sector dos transportes públicos sob a tutela do Estado.
Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, a manutenção dos preços dos TUB resulta da gestão rigorosa que a empresa tem feito nos últimos anos, apesar das condições adversas relacionadas, nomeadamente, com o agravamento dos custos dos combustíveis.
“Desde há cinco anos que não há qualquer agravamento dos preços por parte dos TUB que, mesmo assim, conseguiram criar benefícios em algumas das categorias do tarifário, estimulando a utilização do transporte público e contribuindo para que os utilizadores vejam este meio de transporte como uma alternativa útil e económica”, referiu o Autarca Bracarense, salientando que esta medida surge “em contraciclo com a realidade nacional”.
Segundo a administração dos TUB, desde 2014 que os TUB registam um aumento consistente de validações e da receita proveniente da venda de títulos de transporte. Em três anos, a empresa aumentou os passageiros transportados em nove por cento e a receita em mais de sete por cento.
Este desempenho foi conseguido sem qualquer aumento de tarifário e “resultou de melhorias na qualidade de serviço prestado, da optimização e da melhoria da rede de transporte, da facilidade no acesso aos títulos de transporte e do reforço da complementaridade com os outros modos de transporte”.

‘Era uma vez uma Cidade’ na Torre de Menagem

No próximo dia 12 de Dezembro, a Torre de Menagem, em Braga, vai abrir as portas ao público com uma exposição de ilustrações sobre a história da Cidade.
A Torre de Menagem é quase só o que resta do antigo castelo da cidade. Localizada no ponto mais elevado do planalto em que assentava o burgo medieval, este monumento estava integrado numa fortificação reforçada com cinco torreões.
Será ali, no núcleo do antigo castelo de Braga e baluarte mais evidente da história comum, que irá ser inaugurado um núcleo interpretativo da história de Braga, devotado ao público escolar mas alargado à compreensão de todos os Bracarenses.
A exposição, intitulada ‘Era uma vez uma Cidade’, propõe uma versão ilustrada da história, protagonistas e evolução urbana de Braga, através do talento esclarecido do bracarense César Figueiredo.
Este é o primeiro projecto em Portugal que integra ilustração histórico-arqueológica, desenho, infografia 3D, maquetas e espólio arqueológico numa viagem de mais de dois milénios sobre a história da cidade de Braga.
Mais de oitenta ilustrações, distribuídas ao longo de quatro pisos, vão permitir um inédito percurso pelos dois mil anos de história da Cidade de Braga. A elaboração dos conteúdos contou com a colaboração de uma dezena de investigadores, além do apoio logístico do Museu D. Diogo de Sousa e do Museu Pio XII.
“Foram dois anos de um trabalho intenso e dedicado que têm agora o seu epílogo com um resultado que podemos considerar inédito”, refere Lídia Dias, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, considerando que esta exposição promete “dar nova vida” à Torre de Menagem.
Para a Vereadora, o objectivo desta exposição é “ser o ponto de partida” para uma visita aos museus da cidade. “Braga já tem um Museu da Cidade, uma vez que a conjunção de todos os núcleos museológicos já existentes possibilita-nos ter uma visão abrangente do percurso da Cidade ao longo da sua história”, conclui Lídia Dias.
De acesso gratuito, esta mostra de carácter permanente será a base informativa para um itinerário por todos os monumentos e núcleos museológicos Bracarenses que brevemente irão firmar a parceria ‘Braga vai ao Museu’.
A inauguração decorrerá no dia 11 de Dezembro, no entanto, a abertura ao público será efectivada a partir do dia seguinte. Os horários de abertura ao público funcionarão de Terça a Domingo, entre as 10h00 e as 12h30 e das 14h00 às 17h00. A marcação de visitas guiadas deverá ser efectuada através do email cultura@cm-braga.pt.
Publicações, visitas guiadas e a frequente edição de materiais pedagógicos dirigidos ao público
escolar são outras iniciativas paralelas previstas a partir deste núcleo expositivo.

VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra) de 08 a 10 de dezembro Pavilhão de Feiras e Exposições – Ponte de Lima

Realiza-se no próximo fim-de-semana, de 8 a 10 de dezembro, o VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra), no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima, em Ponte de Lima. Sendo uma das iguarias mais apreciadas e procuradas da gastronomia limiana, o Município de Ponte de Lima organiza mais uma edição do certame dedicado ao bacalhau, por forma e dinamizar e impulsionar um dos elementos chave da cozinha tradicional da região. Seja na forma de petisco ou numa elaborada refeição, o bacalhau é rei e senhor nas mesas de todos os limianos.
Presença obrigatória nas famosas tasquinhas d’outrora da feira quinzenal é ainda hoje um dos produtos mais procurados e mais comercializados da ‘Feira de Ponte’, por todos aqueles que a ela se dirigem para feirar.
Chegada a época natalícia, o VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra), ganha maior destaque pela elevada procura por parte do público e, como consequência, pela cada vez maior oferta por parte dos comerciantes. Quem visitar o festival pode ainda encontrar mel, sidra, licores, chocolates, bolos e outras especialidades tipicamente limianas e que bem representam a riqueza da gastronomia da região.
O VII Festival do Bacalhau e Doçaria (mel e sidra) dá as boas vindas a dezembro e antecipa o Natal, com muita animação e sabor desde showcookings, provas de degustação, música popular e fados de Coimbra. Destaque para a apresentação, na sexta-feira, dia 08, da peça de artesanato “Vaquinha Minhota” e do lançamento do conto infantil “Rosália, a Princesa do Lima”, da autoria da artesã limiana, Nélia Saraiva. No dia 09, sábado, destaque para a primeira edição do ‘Concurso do Bolo Rei de Ponte de Lima’ e para o desfile “Há Moda em Ponte de Lima”, pela Associação Empresarial de Ponte de Lima. No dia 10, domingo e último dia do festival, o destaque vai para as provas de degustação, nomeadamente de Sidra, produto em franco crescimento em Ponte de Lima.

O Festival do Bacalhau e Doçaria (Mel e Sidra) realiza-se de 08 a 10 de dezembro, no Pavilhão de Feiras e Exposições da Expolima, em Ponte de Lima, e é um evento a não perder, destinado a toda a família.

Concerto XANA TOC TOC | 17 dezembro, às 16h00 - Centro Cultural de Viana do Castelo

Informamos que os bilhetes para o espetáculo da  XANA TOC TOC, a realizar no Centro Cultural de Viana do Castelo, dia 17 de dezembro, serão colocados à venda no próximo dia 5 de dezembro, a partir das 9h00.
LOCAIS DE VENDA:
Teatro Municipal Sá de Miranda:
Segunda a sexta-feira: das 9h00 às 19h00.
Dias de espetáculo: das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h00.    
Sábado e domingos em dias de espetáculos: 2 horas antes.
Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia do espetáculo, entre as 14h00 – 16h00, se a lotação não estiver esgotada.   
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: todos os públicos
CUSTO DO BILHETE: 5€ plateia em pé | bancada
NOTAS IMPORTANTES | reservas por e-mail:
Aceitam-se reservas de bilhetes, unicamente, para o  email: tmsm@cm-viana-castelo.pt, (indicando Nome, NIF e lugar pretendido - plateia ou  bancada);
Só são válidos os emails enviados a partir das 9h00 (todos os que entrarem antes das 9h00 do dia 5 de dezembro não serão válidos).
As reservas serão consideradas por ordem da hora de chegada.
O levantamento dos bilhetes deverá ser efetuado, até 24h00, após confirmação da disponibilidade, caso contrário a reserva ficará sem efeito.

Orçamento Municipal e Grandes Opções de Plano 2018 são “exequíveis e realistas”

Orçamento Municipal e Grandes Opções de Plano 2018 são “exequíveis e realistas”
Prosseguindo com a consolidação do futuro de Vila Nova de Cerveira através de dinâmicas de afirmação nacional e internacional, o executivo camarário apresenta um assinalável esforço de atuação para 2018, consubstanciado no aumento do orçamento municipal em mais 1 milhão de euros (9%), face a 2017, cifrando-se nos 13,2 milhões de euros. Funções sociais representam um aumento na ordem dos 40%.
VNC 04/12/17
Perante a atual conjuntura que impõe limites ao nível orçamental, o rigor, a ponderação, a eficiência e o compromisso em prol da defesa do bem-estar dos cerveirenses continuam a predominar como a essência da gestão municipal de Vila Nova de Cerveira para o próximo ano.
“Procuramos elaborar um documento com base em contratos que existem e verbas asseguradas, e não em pressupostos ou previsões. As estratégias municipais são discutíveis, mas no nosso caso optamos por colocar só aquilo que é “exequível e realista”. Se houver candidaturas entretanto aprovadas, faremos uma revisão em abril para as incorporar”, realçou o presidente da Câmara Municipal, Fernando Nogueira, aos deputados da Assembleia Municipal na passada quinta-feira, durante a apresentação do Orçamento e Grandes Opções de Plano para 2018.
Com uma receita e despesa de 13,2 milhões de euros, as funções sociais – Educação, Segurança e Ação social, Habitação e Serviços Coletivos, e Serviços Culturais, Recreativos e Religiosos – têm um peso de 68,5% nas Grandes Opções do Plano para 2018, totalizando um amento face ao documento transato na ordem dos 40%. Só na área da Educação regista-se um acréscimo de verbas de cerca de 19,7%, por se definir como a base fundamental para alcançar uma melhor sociedade.
A receita prevista para 2018 apresentará um crescimento na ordem dos 9%, justificado pelo aumento das transferências do Estado em cerca de 1,5% (89 mil euros), quando comparadas com o ano anterior, e pela comparticipação comunitária (Portugal 2020) nos projetos previstos no Plano Plurianual de Investimentos. Já no que se refere à carga fiscal que depende da gestão municipal e que incide sobre as famílias e as empresas do nosso concelho, o objetivo é manter as reduções já deliberadas, com o propósito de minimizar os seus impostos. De sublinhar ainda que, nos últimos quatro anos, a redução da dívida do Município totaliza cerca de 2 milhões de euros a bancos, e a dívida a fornecedores é, atualmente, extremamente reduzida.
Concretamente sobre as Grandes Opções do Plano para 2018, de realçar a adaptação do Antigo Edifício dos Bombeiros para Edifício de Cultura e Inovação (previsão de 361 mil euros); a requalificação da Praça D. Dinis e da Envolvente (previsão de 350 mil euros);  a beneficiação e conservação da Rede Viária Municipal (total de 300 mil euros); a valorização da Produção Piscatória do Rio Minho (estimativa de 276 mil euros); o Parque Fronteiriço Castelinho – Fortaleza (previsão de 200 mil euros); a Qualificação, reforço e manutenção da rede de água (dotação de 162 mil euros); a requalificação Global da Escola EB2,3/SEC de Vila Nova de Cerveira (estimativa de 110 mil euros); e o apoio à beneficiação de património cultural, arquitetónico e religioso do concelho (previsão de 110 mil euros). De referir ainda que se continua a disponibilizar uma verba de 100 mil euros para o Orçamento Participativo e 10 mil euros para o Orçamento Participativo Transfronteiriço, os quais representam 0,83% do orçamento global. Continuidade à politica de apoio às freguesias do concelho e às diversas Instituições públicas e privadas sem fins lucrativos de natureza cultural, social e desportiva.
O Orçamento Municipal e as Grandes Opções de Plano para 2018 foram aprovadas por maioria, em sessão ordinária da Assembleia Municipal, que decorreu na passada quinta-feira à noite.

Banco Local de Voluntariado promove formação na Casa da Juventude

Barcelos tem 460 voluntários inscritos
O Banco Local de Voluntariado (BLV) promove, no próximo dia 12 de dezembro, entre as 09h30 e as 17h00, na Casa da Juventude, uma formação gratuita e certificada para os voluntários inscritos neste Banco, com o objetivo de promover a formação estruturada e contínua a pessoas que desenvolvem ou pretendem desenvolver trabalho voluntário.
A Câmara Municipal de Barcelos, através do Banco Local do Voluntariado, integra voluntários nas instituições parceiras, a nível concelhio. Barcelos tem 460 voluntários inscritos. O voluntariado é reconhecido como uma expressão de exercício livre de uma cidadania ativa e solidária, realizada através de um conjunto de ações de interesse social e comunitário.
Quando se aborda a temática do voluntariado, é essencial lembrar a importância da formação, consagrada na alínea a), ponto 1, do artigo 7.º, da Lei n.º 71/98 de 3 de novembro, Bases do enquadramento jurídico do voluntariado, «Ter acesso a programas de formação inicial e contínua, tendo em vista o aperfeiçoamento do seu trabalho voluntário».
Esta formação será realizada por Elisa Borges, Conselheira Nacional do Ex- Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado. Para participar na formação, os voluntários deverão preencher a ficha de inscrição, através do seguinte link: https://eventoscoesaobarce.wixsite.com/voluntariado e enviar até ao dia 6 de dezembro, inclusive, ou ainda pelo telefone 253 809 600.
Jantar/debate no dia 5 de dezembro
No dia 5 de dezembro, comemora-se o Dia Internacional do Voluntariado e a Câmara Municipal de Barcelos, através do BLV e em parceria com o Grupo Temático de Voluntariado (GTV), promove um jantar/debate, moderado por Ana Raquel Veloso, com a participação da equipa U.Dream e com um momento musical (Grupo Musical - The Classic ), na Quinta das Princesas, na freguesia de Mariz.
O Dia Internacional do Voluntariado foi criado em 1985 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, com o objetivo de apoiar grupos dedicados a ações voluntárias em diversas categorias sociais.
Para os voluntários se inscreverem no jantar/debate, basta entrarem no seguinte link: https://sites.google.com/view/jantar-debate e submeterem a inscrição.

Fernando Gomes e Melânia Gomes em PERDIÇÃO de Natal!

O musical “PERDIÇÃO”, de e com Fernando Gomes, está de regresso ao Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo, após o sucesso da sua estreia em março e abril.
Protagonizado pelo próprio Fernando Gomes e também pela atriz Melânia Gomes, “PERDIÇÃO” decorre num cabaret da nossa imaginação, onde tudo pode acontecer! O musical tem ainda interpretação de Adriel Filipe, Elisabete Pinto, Sílvia Santos, Sofia Bernardo, Tiago Araújo, Tiago Fernandes e Tiago Jácome, sempre acompanhados com música ao vivo do “terceto” José Paulo Ribeira, no piano, Jaime Alvarez, no contrabaixo, e Paulo Pinto, na bateria.
Esta é mesmo a última oportunidade para ver ou rever esta “PERDIÇÃO”, que alegra a quadra natalícia em Viana do Castelo.
O espetáculo está em cena até ao próximo dia 16 de dezembro, de quarta a sexta-feira às 21h30, e aos sábados às 16h00 e também às 21h30.
Os ingressos estão disponíveis na bilheteira do Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo, e custam entre os 4 e os 10 euros, podendo ser reservados através do e-mail tmsm@cm-viana-castelo.pt.

ESPOSENDE REFORÇA APOSTA NA EQUITAÇÃO TERAPÊUTICA PARA ALUNOS NEE

Tendo como objetivo a promoção e o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional, assim como o fomento da prática desportiva, junto de aproximadamente 50 crianças e jovens com Necessidades Educativas Eespeciais (NEE), a Câmara Municipal de Esposende tem em curso o Programa de Equitação Terapêutica, em parceria com o Clube Hípico do Norte e com o Clube Hípico da Quinta do Vau (Equivau).
Integrado no âmbito das políticas educativas municipais e no Plano Estratégico de Desenvolvimento Desportivo de Esposende e decorrendo da celebração de contratos-programa entre a autarquia e os clubes hípicos do concelho, o Programa de Equitação Terapêutica, pelo reconhecido mérito do trabalho desenvolvido, continuará a ter o apoio do Município de Esposende.
Implementado no concelho desde o ano letivo 2006/2007, o Programa abrange alunos de todos os níveis de educação e ensino da rede pública, desde a Educação Pré-Escolar até ao 3º Ciclo do Ensino Básico, assim como os utentes do núcleo de Marinhas da APPACDM e envolve um investimento orçamental do município de cerca de 11 mil euros.
Com base nas parcerias estabelecidas, o programa é desenvolvido por técnicos qualificados e decorre em espaços de excelência, concretamente nas instalações das duas entidades parceiras, sendo, para o efeito, disponibilizado o transporte para a deslocação dos alunos pela Câmara Municipal.
São reconhecidos os efeitos desta prática terapêutica de desenvolvimento integral das crianças e jovens que alia os conceitos base da Equitação Clássica com os fundamentos teóricos da Reabilitação, cujos contributos se refletem a nível neuromotor, cognitivo e psicossocial, razão pela qual o Município de Esposende vem encorajando os intervenientes a continuarem e aprofundar o trabalho até aqui desenvolvido.
A vereadora da Educação e Cultura, Angélica Cruz, e o Vereador do desporto, Rui Losa, deslocaram-se aos referidos Centros Hípicos para acompanharem uma sessão de dinamização do Projeto. Puderam constatar a satisfação e o empenho dos alunos no decurso da realização das diversas tarefas, bem como o envolvimento dos técnicos numa intervenção integradora que alia as atividades com o cavalo ao desenvolvimento de outras competências de linguagem, de concentração, de estimulação global. Para a vereadora da Educação, o facto dos docentes de Educação Especial acompanharem os alunos nestas sessões semanais de dinamização do Programa de Equitação Terapêutica e de poderem articular com os respetivos técnicos um trabalho integrado de intervenção pedagógico-educativa potencia a eficácia do Programa e, consequentemente, o desenvolvimento dos alunos.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem