Etiquetas

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Homenagem ao Tóne Laguna pelo amigo Sérgio do Fôjo.

Tóne Laguna
Obrigado, por tudo, como de pregos que pregas-te, de remendos nas tábuas quase sem concerto em tantas embarcações que até tu perdeste a conta.
Tudo punhas a navegar……
Sempre pronto, nenhum pescador ficava em terra.
Todos os pescadores assim como a marinha tem orgulho em ti, pela tua dedicação, classe, humildade e valor.
Está na hora de receberes um pequeno gesto de homenagem.
Tantas horas passaste em prol da classe piscatória, mereces uma boia, para que não se afunde todo o esforço do teu passado de tantos barcos que puseste a navegar...
A nossa tardia solidariedade chega tarde mas estamos aqui para te homenagear, assentes com amizade e seguros como tantos paneiros que fizeste para o fundo das embarcações…
Mereces um busto de reconhecimento por parte de toda a classe piscatória.
Porque a remos, ou à vara, toda a ondulação e ventos ajudas-te a superar para tantos, desinteressadamente. 
Tóne Laguna…
Tu, que pintas-te tantos nomes nos costados de tantas embarcações deixa-nos pintar o teu nome também num espaço ribeirinho de Esposende.
(Sérgio do Fôjo).

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Homenagem ao Nando Marino.

Este blogue de uma maneira simbólica vai homenagear, e dar a conhecer algumas pessoas que merecem o nosso reconhecimento público pelos seus atos em prol do próximo, pessoas simples, naturalmente altruístas, quem não os conhece não sabe o bem que fizeram e o mal que não são capazes de fazer, dai esta homenagem simbólica deste blogue a estas tão destintas pessoas.
A primeira de muitas vai ser o, Fernando Marino mais conhecido por Nandex.
Este homem agora desempregado e a viver só foi outrora a tábua de salvação de muitos, muitos mas mesmos muitos podem dizer o Nando já me deu de comer, beber e até de fumar.
Onde ele estava, e com ele estivesse, estava com Deus, não faltava nada e ele é que abonava, sempre rodeado de “amigos” que agora se o virem, viram por outro caminho, merece melhor sorte e desta vez para ele. 
Puro de coração, amigo do amigo, sem inveja do próximo.
Senhor de uma boa cultura geral gosta de história e geografia.
Solteiro, porque as mulheres ainda não o descobriram.
Oriundo de uma grande família de gente boa, ele tem o “defeito” ser bom demais.
Agora com a idade a avançar e muitas limitações físicas a coisa está a piorar para o lado dele.
Mas ele lá se vai safando, nunca o vi a pedir nada a ninguém.
O tempo passa a voar mas o bem nunca se esquece, eu, e muitos não se esqueceram.
Um grande bem haja para ti.
Eras, e continuas a ser o maior.