terça-feira, 12 de junho de 2018

COMUNICADO - PS CONCELHIA DE BARCELOS

O Partido Socialista de Barcelos expressou ao Governo e à Caixa Geral de Depósitos a sua oposição ao anunciado encerramento da agência de Arcozelo.
 E espera que a Administração da CGD, liderada pelo ex: Ministro do PSD, Paulo Macedo, recue na sua estratégia de encerramento de Balcões que, reconhecidamente são de enorme utilidade para as populações e instituições que servem.
Entre 2011 e 2015, foram encerradas 109 agências em todo o país, opção que parece continuar.
A agência de Arcozelo da CGD é utilizada por milhares de clientes entre empresas, instituições diversas e Barcelenses, não sendo, pois, compreensível o seu encerramento.
Saudamos a posição da Junta de Freguesia de Arcozelo e do Sr. Presidente da Câmara Municipal que, de imediato demonstraram o seu repúdio em relação à medida tomada.
Para além da solicitação da reversão da medida, por parte da Administração da CGD, foi também colocado à disposição de toda a população, por parte da Junta de Freguesia de Arcozelo, um abaixoassinado, que conta já com cerca de um milhar de assinaturas.
A Administração da CGD argumenta que existem mais agências no nosso concelho e que são cerca de 70 os balcões que irão encerrar em todo o país, mas não pode ignorar que este balcão, em concreto, se encontra na zona de maior índice habitacional do concelho e que, até do ponto de económico-financeiro, é uma agência com um elevado número de clientes e utentes.
Assim, o Partido Socialista de Barcelos considera não haver nenhuma razão para o encerramento deste importante serviço e continuará a sensibilizar a administração da CGD para que o encerramento não se concretize.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.