domingo, 27 de maio de 2018

Política cultural do Município de Esposende aposta no teatro


Benjamim Pereira recebeu o ator Ruy de Carvalho na sua terra natal.
Os Municípios são determinantes para garantir o acesso das populações à cultura, substituindo-se muitas vezes ao Governo, afirmou o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, esta tarde, no evento “Na minha terra cabe o mundo todo”, que trouxe o ator Ruy de Carvalho à Vila de Forjães.
Benjamim Pereira falava no encerramento da sessão-conferência, realizada no Centro Cultural Escolas Rodrigues de Faria, após a visita às instalações da Associação ACARF, que, desde há oito anos, organiza esta iniciativa com ilustres personalidade, com particular enfoque para a cultura e literatura, mas que se estende a outras áreas. D. Ximenes Belo, Manuel Alegre, Pepetela, Rao Kiao e Carlos Lopes são alguns dos nomes que Forjães já recebeu no âmbito desta iniciativa.
O Presidente da Câmara Municipal saudou a ACARF pela realização deste evento cultural, que considerou da maior relevância. Na sua terra natal, onde o teatro amador tem fortes raízes, Benjamim Pereira afirmou o seu orgulho por, no anterior mandato autárquico, ter criado o CREARTE, um projeto vocacionado para o Crescimento de Arte Teatral em Esposende, que, entre várias outras atividades, aposta na formação dos grupos de teatro amador do concelho e na divulgação do seu trabalho. A propósito, o autarca destacou o relevante papel que as autarquias cumprem na divulgação não só do teatro, mas da cultura em geral, realçando que é “um investimento importante e significativo”.
Neste âmbito, considerou manifestamente insuficiente a fatia do Orçamento de Estado para o setor da Cultura, lamentando também que o Estado permita a degradação do seu património. Exemplificou com o estado de abandono a que está votado o Forte de S. João Baptista, em Esposende, edifício que o Município pretende assumir para o desenvolvimento de projetos no âmbito da parceria estabelecida com a Universidade do Minho. Lamentou, por outro lado o chumbo de uma candidatura de financiamento da Direção Regional de Cultura do Norte para a valorização do Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, que integra a Rede de Castros do Noroeste, tendo o Município assumido a execução do projeto com fundos próprios. Rematou assinalando a forte dinâmica cultural do Município, que abrange diferentes manifestações artísticas, desde a música à dança.
A Ruy de Carvalho, que apelidou de “Senhor Teatro”, Benjamim Pereira expressou a sua admiração e respeito, tanto pela carreira profissional de 76 anos, como pela sua personalidade. Destacou a humildade deste que é um dos nomes grandes do teatro e da cultura em Portugal, dizendo que constitui um exemplo, pela alegria e vitalidade dos seus 91 anos de idade. Agradeceu a sua visita ao concelho, convidando-o a visitar a cidade em breve e assumiu o compromisso de o Município garantir, logo que possível, a apresentação de uma peça com Ruy de Carvalho em Esposende.
A Presidente da Associação ACARF, Anunciação Laranjeira, e o Presidente da Junta de Freguesia de Forjães, Manuel Ribeiro, lembraram as raízes teatrais de Forjães e expressaram a satisfação de receber o ator Ruy de Carvalho, figura maior do teatro português, enaltecendo-lhe a longa carreira que se estende à rádio e à televisão.
Mais do que uma conferência, proporcionou-se depois uma conversa entre o ator e o público presente, sendo vários os que aproveitaram a oportunidade para lhe colocar algumas questões, satisfazendo a sua curiosidade relativamente a alguns aspetos da vida profissional de Ruy de Carvalho. Num espírito de total abertura, Ruy de Carvalho a todos respondeu com simpatia, partilhando alguns episódios da sua longa carreira, e protagonizou breves registos teatrais, expressando a excelência da sua representação. Com humildade, agradeceu, reconhecido, o convite que lhe foi dirigido dizendo-se “muito feliz” por participar no evento “Na minha terra cabe o mundo todo”, e agradeceu ainda o tributo que lhe foi prestado, através da oferta do seu retrato, uma obra da autoria do artista Nuno Mendanha, de Forjães. Ruy de Carvalho, com a impressão da mão que teve oportunidade de fazer, tal como os anteriores convidados, passará a figurar na Parede da Fama do Centro Cultural de Forjães.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.