quarta-feira, 16 de maio de 2018

Braga será palco da primeira Bienal de Arte Sacra Contemporânea

Evento internacional estabelece pontes entre a Igreja e a Cultura.

A Cidade de Braga será palco da primeira Bienal Internacional de Arte Sacra Contemporânea. O evento dá a conhecer a obra de um vasto leque de artistas nacionais e internacionais, que colocam a sua arte e imaginação ao serviço do fenómeno religioso. A decorrer de 3 de Agosto a 3 de Setembro, no Museu Pio XII, esta Bienal reúne artistas plásticos e escultores que irão demonstrar o seu potencial criativo sob a forma de uma peça nova e original.
“Braga, além de ser uma Cidade de fé, é uma Cidade de cultura onde a criatividade ganha nova projecção e isso acaba por ser sintetizado por este evento que promove uma nova forma de expressão artística e uma nova dinâmica cultural”, referiu Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esperando que este projecto pioneiro “seja uma referência crescente no futuro e que ganhe créditos a nível internacional para estimular e atrair cada vez mais artistas”.
A participação neste projecto está aberta a todos os que pretendem demonstrar e partilhar a sua criatividade, respeitando os parâmetros e história da arte sacra. No total, serão admitidos 50 artistas que serão avaliados por um júri que irá distinguir os primeiros três classificados, sendo que o quarto classificado será escolhido pelo público. A atribuição dos prémios terá lugar no Theatro Circo durante uma gala a realizar no mês de Setembro.
O evento acarreta uma componente solidária, uma vez que irá doar uma tela pintada pelo público à CERCI Braga.
As inscrições podem ser efectuada no site do evento em www.bienaldebraga.pt até 31 de Maio.
A Bienal, desenvolvida pela Atlas Violeta - Associação Cultural e Apoio Social aos Países de Língua Portuguesa, em parceria com o Museu Pio XII, conta com o apoio da Câmara Municipal de Braga e pretende realçar a beleza e singularidade presente na arte sacra contemporânea.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.