segunda-feira, 10 de julho de 2017

Ricardo Rio é ‘Champion Mayor’ da OCDE

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, passou a integrar desde a semana passada o restrito leque de "Champion Mayors" para o Crescimento Inclusivo, uma iniciativa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Fundação Ford destinada a promover o crescimento económico inclusivo nas cidades. Este convite foi feito pelo Secretário-geral da OCDE, José Angel Gurría, devido às políticas sociais estabelecidas pelo Município de Braga no apoio a um desenvolvimento económico sustentável e ao combate às desigualdades.
Ricardo Rio destacou que "estar neste leque de autarcas é, sobretudo, um prestígio para Braga, pois significa que estamos a obter reconhecimento internacional pelo nosso trabalho na área social e económica, mas esta é também uma oportunidade para partilhar as nossas experiências e divulgar o que temos feito nestes últimos quatro anos". O Presidente da Câmara optou por destacar na página da iniciativa da OCDE os projectos "Braga a Sorrir", fundamental para ajudar as populações mais desfavorecidas numa área tão importante e esquecida pelo Serviço Nacional de Saúde, e ainda o "(Re)Escrever o nosso bairro", que está a dar os primeiros passos mas que já suscitou interesse pelo seu carácter inovador e abrangente. O Autarca Bracarense destacou ainda que pretende envolver-se directamente na discussão das políticas a implementar globalmente pelos "Champions Mayors".
Este convite vem totalmente ao encontro do objectivo estratégico delineado há quatro anos de aumentar a notoriedade internacional de Braga e de estar presente em diversos palcos internacionais. "Temos a consciência que para transformar Braga numa cidade relevante no exterior foi fundamental mudar toda a política institucional do Município", afirmou Rio, acrescentando que "este convite para integrar a iniciativa 'Champion Mayors' para o Crescimento Inclusivo, mas também a integração em redes de cidades importantes, como é o caso da Eurocities, ou a participação noutros fóruns internacionais, é a prova que a nossa estratégia internacional está a resultar".
Esta "coligação global" de autarcas teve como fundadores os Presidentes de Paris e Nova Iorque, Anne Hidalgo e Bill Blasio, reunindo actualmente cerca de 50 presidentes de cidades como Seul, Filadélfia, Madrid, Copenhaga ou Los Angeles. De Portugal fazem também parte os autarcas de Lisboa, Porto e Sintra. Os seus membros têm como objectivo trabalhar em conjunto para avançar com uma agenda global de crescimento inclusivo para construir cidades com maior equidade, nomeadamente no apoio à implementação do objectivo 11 da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável da ONU de tornar as cidades inclusivas, seguras e resilientes.
Depois de encontros em Paris e Nova Iorque em 2016, está agendada uma cimeira em Seul para os próximos dias 19 e 20 de Outubro, onde será discutida e aprovada a "Agenda de Implementação de Seul". Este encontro vai também focar-se em duas dimensões críticas para o crescimento inclusivo: interligação entre as alterações climáticas e crescimento inclusivo e as políticas de apoio à sustentabilidade das pequenas e médias empresas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.