terça-feira, 11 de julho de 2017

Noite Branca “é momento de exaltação cultural de Braga”

Evento decorre de 1 a 3 de Setembro.
De 1 a 3 de Setembro, Braga volta a realizar a Noite Branca com 48 horas de Música, Arte e Cultura. Mariza, Áurea e Seu Jorge são os nomes mais sonantes de um cartaz que encerrará com a actuação da Orquestra de Paus e Cordas, um projecto que nasceu com a Noite Braga do ano passado e que irá apresentar um espectáculo único com mais de 100 músicos em palco.
A par dos concertos no Palco Principal e no Palco gnration, o programa da Noite Branca 2017 inclui instalações, performances inovadoras, actividades para toda a família e muita animação de rua.
Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, a Noite Branca será mais um momento de ´grande projecção e exaltação cultural´ da Cidade. “Neste evento procuramos projectar a imagem de uma Cidade jovem, com energia e de uma Cidade com capacidade de acolher espectáculos de grande projecção nacional e internacional”, referiu o Autarca durante a apresentação da Noite Branca 2017, que teve lugar hoje, 10 de Julho, no Museu dos Biscainhos.
Mantendo-se fiel ao seu conceito original, a Noite Branca de Braga afirma-se como um ponto de contacto privilegiado da população com os diversos equipamentos culturais da Cidade, que durante os três dias terão um horário mais alargado e propostas para todos os gostos.
“Em qualquer ponto da Cidade será possível encontrar um projecto, uma instalação relacionados com os Laboratórios de Verão e com o Concurso Artístico da Noite Branca que este ano estão muito orientados para a dimensão de Media Arts por força da nossa Candidatura a Cidade Criativa da Unesco”, acrescentou Ricardo Rio.
Também a vereadora Sameiro Araújo salientou o facto da Noite Branca constituir-se como um “factor aglutinador e de mobilização da Juventude”. “Com os Laboratórios de Verão e com o Concurso Artístico contribuímos para qualificar a experiência que é propiciada a quem participa na Noite Branca e, ao mesmo tempo, incentivamos os artistas a conceber manifestações e projectos de qualidade, que representem uma mais-valia para a programação”, sustentou a vereadora.
No que se refere ao cartaz musical, o palco principal, localizado na Praça do Município, recebe na Sexta-feira, dia 1 de Setembro, as actuações de Mariza e Áurea. Já no Sábado, dia 2, será a vez de Seu Jorge, Mayra Andrade & Orquestra Jazz de Matosinhos e Dj Ride. No Domingo, dia 3, o palco principal contará com as actuações de Daniel Pereira Cristo e da Orquestra de Paus e Cordas.
O gnration volta a ter palco na Noite Branca de Braga e apresenta um cartaz com a melhor música nacional e internacional. Pelo palco, instalado na Avenida Central, vão passar Orelha Negra e Osso, no dia 1, e Factory Floor, Evian Christ e Niagara, no dia 2.
Para esta edição, são esperadas mais de 300 mil pessoas, estando a ser preparado um plano de mobilidade em articulação com os Transportes Urbanos de Braga e com a CP – Comboios de Portugal.
A Noite Branca 2017 é uma oportunidade única de todos se envolverem na construção da Cidade e das suas vivências, pelo que o Município desafia moradores, trabalhadores, empresários, empresas e visitantes a participarem, vindo para as ruas, aderindo às iniciativas e, em alguns casos mesmo, participando no programa e ajudando a garantir um leque de propostas o mais abrangente possível.
Mais informações sobre a Noite Branca 2017 podem ser consultadas através do site http://noitebrancabraga.com/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.