sexta-feira, 2 de junho de 2017

Projectos Bracarenses reforçam identidade territorial

Município participou VII Congresso Nacional da Rede de Cidades Educadoras.
Braga foi uma das Cidades que marcou presença no VII Congresso Nacional da rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, que teve lugar na Guarda sob o tema da ‘Identidade das Cidades’.
A iniciativa promoveu a reflexão sobre o conceito e as práticas promotoras da dimensão propriamente educativa, fortalecimento da democracia participativa como modelo político, da convivialidade como dimensão relacional da cidade educativa, numa fusão de acções multidisciplinares em nome da qualidade de vida. Em análise esteve ainda a dimensão educativa da arquitectura dos espaços públicos e do papel da cultura na identidade das cidades.
O Município de Braga, que integra a Rede das Cidades Educadoras desde 2000, apresentou vários projectos no âmbito do papel da cultura e da identidade das cidades e dos seus territórios.
Os projectos “Comunica Património”, “Re(escrever o nosso bairro)”, “A minha freguesia cabe no Mapa”, “Monumentos Portáteis” e “À descoberta de Braga” permitiram mostrar o dinamismo do Concelho de Braga, a importância que o património tem nos projectos de escola e, sobretudo, a relevância que a identidade de um território tem para uma maior coesão social e territorial.
No final do congresso foi apresentada a Declaração Final que, entre outras metas, assume a identidade como factor crucial para a implementação de políticas públicas mais inclusivas e sustentáveis.
A Associação Internacional das Cidades Educadoras, constituída em 1994, em Bolonha, promove o cumprimento dos princípios da Carta das Cidades Educadoras, subscrito por todas as suas cidades membro. Esta associação impulsiona a colaboração e partilha entre as mesmas, o diálogo e a cooperação entre distintas entidades nacionais e internacionais, procurando que os decisores actuem com vista a uma verdadeira fusão da educação com todos os recursos formativos da cidade e sistema laboral e social, assegurando os princípios de igualdade entre todas as pessoas, de justiça social e de equilíbrio territorial.
Os Congressos Nacionais são momentos de reforço dos princípios subjacentes às acções das Cidades Educadoras, de partilha, debate e aprendizagem.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.