sexta-feira, 16 de junho de 2017

Braga e Vitória assinam acordo de cooperação para partilha de conhecimentos e práticas

Prefeito de Vitória visitou Braga esta Sexta-feira.
O Prefeito de Vitória, Luciano Rezende, visitou Braga esta Sexta-feira para conhecer melhor algumas instituições da cidade e iniciar uma relação de colaboração com o Município de Braga. Esta visita terminou com a assinatura, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, de um acordo de cooperação entre os dois Municípios, onde está prevista a partilha de conhecimentos e práticas, além de outros projectos em comum.
Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, este acordo vem dar seguimento ao desejo de ambas as Cidades em promoverem relações de cooperação e amizade. “Braga e vitória partilham muitos valores sociais, culturais e políticos, pelo que estão reunidas as condições para que se estabeleça uma relação de amizade profícua em diferentes áreas, como no desenvolvimento económico e empreendedorismo, na investigação e inovação, no desporto, na cultura e no ambiente”, referiu.
Durante a manhã, Luciano Rezende teve a oportunidade de conhecer mais aprofundadamente o funcionamento da Startup Braga, o projecto de empreendedorismo e inovação bracarense que é já uma referência a nível internacional. A partir desta conversa, ficou acertado que haverá comunicação directa entre a Startup Braga e a Fábrica das Ideias, uma incubadora de startups de Vitória, podendo ambas evoluir com a experiencia que está a ser desenvolvida nos dois países. 
Posteriormente, o Prefeito de Vitória esteve ainda em visita ao Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, onde reuniu com o Diretor Lars Montelius. Além de ficar a conhecer melhor o trabalho do INL, o Prefeito mostrou-se extremamente interessado em levar para Vitória o sensor de poluição desenvolvido pelo INL em parceria com o Município de Braga.
A cidade de Vitória é a Capital do Estado brasileiro de Espírito Santo, tendo sido fundada em 1535 por colonos portugueses. Situada num arquipélago a 500 km do Rio de Janeiro, é composta por 33 ilhas e uma parte continental, com cerca de 360 mil habitantes. Entre as capitas Brasileiras, Vitória possuiu o segundo melhor índice de desenvolvimento humano e, segundo a Fundação Getúlio Vargas, é a quarta melhor cidade para se viver no Brasil. A sua economia é dominada pelas actividades portuárias, pelo comércio, industria e turismo. É também uma cidade universitária, com mais de uma dezena de universidades

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.