quinta-feira, 22 de junho de 2017

1.ª Caminhada Intergeracional assinalou 8.º aniversário do Banco Local de Voluntariado de Esposende

Realizou-se, esta manhã, a 1.ª Caminhada Intergeracional, organizada pela Câmara Municipal e Esposende 2000, no âmbito do Programa Envelhecimento Ativo da Rede Social de Esposende, com o intuito de assinalar o 8.º Aniversário do Banco Local de Voluntariado (BLV).
A atividade, prevista para abril mas adiada devido ao mau tempo, contou com a participação de cerca de 250 participantes, entre idosos, crianças e jovens, a maior parte dos quais utentes provenientes de Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho.
Os participantes concentraram-se na Praça do Município, onde foram saudados pelo Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, que agradeceu a todos quantos se dedicam à prática do voluntariado, considerando que “é digno de registo o facto de as pessoas dispensarem parte do seu tempo em prol da comunidade que os envolve”. Vincou que “o Município é tão mais rico quanto mais pessoas tiver com essa disponibilidade de colaboração”.
Destacou, por outro lado, o facto de esta iniciativa envolver as crianças, contribuindo para incutir nos mais novos o espírito do voluntariado e a importância de ajudar a comunidade, para além de fomentar a convivência intergeracional, que é sempre positiva.
“Somos um Município rico em termos humanos e uma referência em termos nacionais na área social, fruto do trabalho de toda uma equipa”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal, assumindo que “é uma honra enorme presidir ao Município de Esposende”.
Com condições climatéricas propícias à prática de atividade física, a caminhada decorreu num ambiente animado e descontraído, por algumas ruas e Zona Ribeirinha da cidade, culminando no local da partida. A todos os participantes foi oferecida uma t-shirt alusiva ao Banco Local de Voluntariado, água, e uma peça de fruta para repor as energias.
Recorde-se que o BLV de Esposende foi criado em 2009, no âmbito do Projeto Concelhio de Luta Contra a Pobreza, através de um protocolo de colaboração estabelecido entre o Município e o Conselho Nacional para o Promoção de Voluntariado. Este Banco, assume-se um espaço de encontro entre pessoas que expressam a vontade de serem voluntárias, e as instituições locais que têm interesse em acolher ações de voluntariado, promovendo as necessárias condições para a sua integração.
O Banco Local de Voluntariado de Esposende conta atualmente com 213 voluntários, cuja colaboração tem sido fundamental no desenvolvimento e operacionalização de vários projetos locais. A expetativa é que mais pessoas e instituições possam envolver-se nesta dinâmica, potenciando-se o voluntariado local a vários níveis, com o propósito de contribuir para o reforço da coesão social, da solidariedade e da cidadania ativa, na construção de uma sociedade mais justa e solidária.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.