sexta-feira, 5 de maio de 2017

Participação cívica e democrática na EU em debate no Salão Nobre

Cinco países, um objetivo: como pode a temática do crescimento inteligente
desenvolver as comunidades locais
Decorreu ontem , no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Fórum aberto à comunidade “Como podem as políticas europeias de crescimento inteligente desenvolver as comunidades locais?”, no âmbito do terceiro encontro do Projeto “City to city for building our Europe”, que está a decorrer em Barcelos até ao final da manhã de hoje.
Ao longo da sessão cada um dos parceiros do projeto apresentou a perspetiva do seu país. A responsável por Portugal, Ana Fragata, diretora executiva das Fórum Internacional das Cidades Inteligentes e Sustentáveis (FICIS), abordou aspetos pertinentes sobre as políticas nacionais e locais, no âmbito do crescimento inteligente, que foram discutidos e partilhados pelos demais intervenientes.
Na sessão de encerramento, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, referiu que “as políticas locais são fundamentais para fomentar a participação cívica e democrática na EU”.
O “Programa Europa para os Cidadãos” tem por objetivo contribuir para a compreensão da União Europeia (UE), da história e diversidade dos seus cidadãos e ainda fomentar a participação cívica e democrática na EU. O Município de Barcelos, consciente da sua responsabilidade na promoção da cidadania e valores europeus, decidiu aceitar a oportunidade de integrar o projeto na qualidade de parceiro. Assim, esta parceria é constituída pelo Município de Gerace (Itália), que assume o papel de coordenador do projeto, e pelos Municípios de Barcelos (Portugal), Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria) e Narva (Estónia).
Hoje, decorre o seminário ”The E-tools for civic participation – Good practices, Ideas, opinions”, que tem como objetivo a partilha, por parte de cada um dos municípios participantes, de um conjunto de boas práticas e de projetos relacionados com recursos/ferramentas digitais que facilitem a plena participação dos cidadãos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.