terça-feira, 23 de maio de 2017

Bota Abaixo da Barca de Passagem e 6.º Aniversário do Albergue de Marinhas valorizam o Caminho Português da Costa para Santiago

O 6.º aniversário do Albergue de S. Miguel, em Marinhas, foi assinalado, no passado dia 20 de maio, com uma caminhada pelo Caminho de Santiago pela Costa, entre S. Pedro de Rates e o Albergue de S. Miguel, e o bota abaixo da réplica da Barca de Passagem na mítica Barca da Lago.
Cerca de 130 pessoas integraram a caminhada, que se iniciou na igreja românica de São Pedro de Rates, com passagem pela Lagoa Negra, em Barqueiros, local onde existiu na época romana uma antiga exploração aurífera.

Após o almoço em Fonte Boa, fez-se o bota baixo da réplica da barca de carga que outrora funcionou neste lugar, iniciativa que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira e respetivo Executivo Municipal, que, juntamente com os presentes, fizeram a travessia do rio Cávado para o lado de Gemeses da Barca do Lago, a bordo desta embarcação. Trata-se de um projeto privado, concebido pelo ex-canoísta Belmiro Penetra com o apoio de algumas empresas e instituições, e que mereceu palavras de elogio e de incentivo do Presidente do Município, atendendo a que irá contribuir para a valorização e promoção do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela.
A caminhada prosseguiu depois até ao Albergue de S. Miguel, onde foi comemorado o 6.º aniversário deste renovado equipamento, que tem vindo, de ano para ano, a aumentar o número de peregrinos que ali pernoitam. Em atividade desde maio de 2011, o Albergue acolheu nesse primeiro ano 151 peregrinos, em 2012 foram 336 os que pernoitaram naquelas instalações, em 2013 foram 655, em 2014 registaram-se 1 103, em 2015 foram 1 951 e, no ano passado, houve 3 474 peregrinos a usar o Albergue de S. Miguel para pernoitarem. Relativamente a 2016, os polacos foram os peregrinos que pernoitaram mais vezes no Albergue, seguido dos alemães, sendo que o mês de maior adesão foi agosto, com 1066 peregrinos.
Este crescendo do número de peregrinos é fruto do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido no âmbito do acordo de cooperação institucional, assinado em Julho de 2011, entre os municípios do Porto, Maia, Matosinhos, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença, para a investigação, promoção e dinamização do Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela. Estes dez municípios têm vindo a unir esforços com vista à valorização e posterior reconhecimento oficial do Caminho Português da Costa como itinerário de peregrinação, bem como a dinamizar o potencial cultural e turístico das peregrinações a Santiago de Compostela fomentando o desenvolvimento económico, social e ambiental nos territórios atravessados por este traçado.
As muitas acções de valorização e promoção do Caminho levadas a efeito pela Associação Via Veteris, em articulação com a o Município e outros parceiros locais, têm sido igualmente um motor de crescimento e desenvolvimento da procura por este itinerário rumo a Santiago.
O Albergue de São Miguel resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal de Esposende, Junta de Freguesia da União de Freguesias de Esposende, Marinhas e Gandra, Delegação da Cruz Vermelha de Marinhas e Associação Via Veteris. O espaço, recentemente renovado, de forma a dar mais e melhores condições aos peregrinos, dispõe de dormitório para 40 elementos, cozinha equipada, sala de refeições/convívio com espaço de lazer, balneários, sanitários, oferecendo ainda a possibilidade de lavar roupa, acesso telefónico e Internet.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.