segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

AMAReMAR desafia esposendenses a participar em projeto de Arte e Comunidade

Com o intuito de promover a inclusão social e cultural, e potenciar o crescimento pessoal dos cidadãos, o Município de Esposende tem vindo a desenvolver, desde 2016, o projeto AMAReMAR, ao qual podem aderir, de forma gratuita, todos os interessados, de qualquer idade.
Tendo como premissa a importância da educação e da cultura na formação integral do indivíduo e do coletivo, como verdadeiros instrumentos de coesão social, este projeto traduz-se numa proposta de intervenção social através de práticas artísticas. Com efeito, através do trabalho em diversas disciplinas artísticas, os públicos cruzam-se e contribuem para um projeto artístico comum, identitário, potenciando-se o fator transformador, democratizador das artes.
Com coordenação de Hugo Cruz, especialista em práticas artísticas e comunidades, o projeto integra oficinas de Teatro, Música, Ilustração e Fotografia e Vídeo, sob orientação, respetivamente, de Susana Madeira, Filipe Miranda, Joana de Rosa e Rogério Ribeiro.
Com a Oficina de Teatro pretende-se que os participantes apreendam vocabulário teatral, efetuem trabalho de grupo e de consciência de grupo. Através das escolhas dos participantes, nomeadamente de objetos e/ou fotografias, o grupo relembra histórias, imagens, ideias, que servirão de inspiração para um espetáculo final, a ter lugar no próximo dia 3 de junho.
A Oficina de Música integra duas dimensões, nomeadamente, música eletrónica e música de percussão, no âmbito da qual foi recentemente apresentado o primeiro trabalho discográfico do coletivo “S90”.
Na Oficina de Fotografia e Vídeo, os participantes aprendem princípios básicos de fotografia e vídeo em contexto de sala e exterior, sendo que na Oficina de Ilustração os participantes são levados a refletir sobre o conceito de ilustração, e, através da partilha de ideias, concebem uma ilustração conjunta, concretamente um Mural Ilustrado. No âmbito desta Oficina, o ano passado, foi concebido o Mural Ilustrado, situado junto ao Bairro da Central, na Rua Narciso Ferreira.
O AMAReMAR procura potenciar o envolvimento da comunidade em todas as fases do projeto, nomeadamente através da exploração e (re)descoberta da cultura local, da história das gentes, da transformação social. Este envolvimento e participação da comunidade acontece em várias dimensões, quer ao nível da recolha de histórias, vivências e costumes, quer como participantes nas várias oficinas artísticas, quer, inevitavelmente, enquanto espectadores. Pretende-se, assim, promover atitudes participativas na vida cultural e social da comunidade, uma maior consciência dos seus valores estruturantes, das suas responsabilidades e obrigações, potenciando o combate à apatia e isolamento social.
Como forma de promoção do projeto, encontra-se disponível on-line um vídeo promocional, que poderá ser visualizado através do link https://youtu.be/sV6FQaIZOfw.
O projeto AMAReMAR tem sede no Bairro da Lagoa, na Rua Narciso Ferreira, n.º 44, em frente ao Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia de Esposende.
Para mais informações sobre o projeto, nomeadamente para inscrições e consulta de horários das oficinas, os interessados poderão consultar a página de facebook https://facebook.com/comunidade.amaremar/, ou através do endereço eletrónico amaremar@cm-esposende.pt ou, ainda, do telefone 935 010 524.
Fonte: Serviço de Comunicação e Imagem da CME

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.